Sabincor Cardiologia

Notícias do Sabincor

Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial - 26 de Abril

(Lei Federal n.º 10.439/2002)

Na hipertensão arterial, ou pressão alta, existe um aumento da pressão sanguínea, causada pela força de contração do coração e das paredes das artérias. O sangue para todo o corpo é ejetado de forma intensa, o que ocasiona danos.

Tensiômetro ou esfigmomanômetro é o aparelho utilizado para medir a pressão sanguínea. A faixa de normalidade é ampla, mas valores iguais ou superiores a 14 (máxima) e/ou 9 (mínima) são anormais.

Na maioria das vezes a doença é silenciosa, ou seja, não ocasiona sintomas, mas em alguns casos pode levar à tontura, falta de ar, palpitações, dor de cabeça e alteração na visão, por isso a importância em medir a pressão.

O consumo exagerado de sal, hábitos alimentares não adequados, obesidade, antecedentes familiares, estresse, envelhecimento, são situações relacionadas à hipertensão arterial.

Geralmente não há cura para a doença, mas pode ser controlada. Modificações de hábitos de vida, algumas vezes são suficientes para o controle (redução do consumo de sal, atividade física regular, não fumar, consumo de álcool com moderação, entre outros).

São consideradas complicações: AVC, infarto agudo do miocárdio, doença renal crônica, insuficiência cardíaca.

O tratamento de hipertensão aumenta o tempo de vida das pessoas.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia